Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015
"A probabilidade de a vida ter surgido por acidente é comparável à probabilidade de 
um dicionário completo ser resultado 
da explosão em uma indústria gráfica" 

Edwin Grant Conklin

O Barbeiro Que Não Acreditava em Deus

A Obediência e a Desobediência no Pensamento de João Calvino*, por Paulo Ribeiro Fontes**

As idéias de Calvino, acerca do Estado, têm sido analisadas e discutidas por diferentes intérpretes de origens diferentes e até divergentes. Por isto a sua filosofia política tem sido exaltada, atacada, mal interpretada e ridicularizada, a tal ponto que às vezes caberia a pergunta se o próprio Calvino estava seguro do que, de fato, queria dizer. E um dos problemas de interpretar o pensamento de Calvino em questões políticas, surge ao se relacionar as diversas afirmações que em seus escritos exigem obediência ao Estado e as que insistem não apenas no direito, mas no dever de resistir. Fica então a pergunta: Calvino ensinou a obediência ou a desobediência civil? E quais são as bases nas quais o ensino de Calvino sobre a questão, se sustenta? O presente artigo tem o propósito de entender a relação entre obediência e desobediência civil no pensamento de João Calvino.